Verbo FM

Jovem compõe música para Aleppo, cidade síria em guerra

O caos na maior cidade da síria, Aleppo, deixou o mundo abalado nos últimos dias. Todos têm assistido à distância a crescente decadência e o sofrimento de milhares que tentam sobreviver à guerra. Sírios com acesso a internet postaram vídeos se despedindo do mundo, pedidos de ajuda e tentaram mobilizar as nações da Terra para o sofrimento e dor que estavam passando. Milhares civis inocentes já morreram e outros milhares ainda buscam refúgio.

O jovem Gabriel Rodrigues ouviu o clamor do povo sírio e externou sua compaixão e oração em forma de uma linda música (veja o vídeo acima). A oração do corpo de Cristo já tem obtido resultados. Recentemente, a ONU conseguiu a retirada dos civis que se refugiavam na parte oriental da cidade.

Eu fiquei sabendo da situação de Aleppo através da minha mãe. Ela estava olhando o Facebook dela e viu um artigo a respeito das crianças que perderam os pais em aleppo. Aí do nada ela falou: “vamos orar”, e começou a orar sem eu saber o que era. Isso me assustou. 
Então, ela me explicou a situação e eu me compadeci. Fui para o quarto, deitei um pouco e fiquei pensando no que eu poderia fazer para ajudar sem ter condições de ir até lá. Peguei meu violão e comecei a tocar e orar um pouco em línguas. 
Então uma letra começou a surgir (a princípio eu não sabia que era a respeito de Aleppo). A letra só estava saindo. A medida que as letras foram saindo, me dei conta de que publicar uma canção em homenagem a Aleppo era, para mim, a melhor forma de divulgar o que estava acontecendo.
Então, o Espírito Santo estava me conduzindo e me inspirando a fazer uma letra sem eu perceber. Pouco depois, o refrão surgiu: “Aleppo… Aleppo, não esqueça de olhar para o alto onde a esperança não deixou de existir…” Eu comecei a pensar na segunda parte do refrão, e eu estava com um pouco de dificuldade… Então, o Espírito Santo me inspirou a falar que eles não deveriam temer a realidade que eles estavam vivendo. Foi quando saiu a segunda parte: “não se curve à incerteza (medo) da existência (realidade), pois a criança (o legado de Aleppo) que há em ti ainda vai crescer (o legado não morreu)”.
Foi assim que a música se tornou “meu clamor cantado”.
ENTENDA A SITUAÇÃO DE ALEPPO
Foto: GEORGE OURFALIAN
Foto: GEORGE OURFALIAN
A guerra em Aleppo foi iniciada em meados de 2012, junto a guerra civil Síria incitada pelo grande movimento da Primavera Árabe. De maneira simplificada, rebeldes da Coalizão Nacional, que se dizem representantes do povo sírio, lutam contra o governo de Bashar al-Assad. A cidade de Aleppo é disputada por ambas as artes por ser a maior cidade do país e, portanto, de grande importância econômica e estratégica. Em termos claros, quem tomar a cidade controla de maneira mais efetiva o país.
Em 2015, Assad planejou uma grande ofensiva terrestre que matou centenas de civis. Este ano, mais uma vez, o governo sírio mobilizou uma enorme operação militar para retomada da cidade. A guerra catastrófica teve apoio do governo Russo que, segundo jornalistas, lançou ofensivas aéreas que atingiram também civis inocentes. O governo sírio retomou grande parte do leste da cidade e os rebeldes têm buscado reaver territórios perdidos.

Nos últimos dias, a Organização das Nações Unidas (ONU) buscou alertar a comunidade internacional para os riscos de milhares de pessoas inocentes que permaneceram na cidade, sem ter como fugir, entre o fogo cruzado. A guerra já matou mais de 400 mil pessoas e obrigou cerca de 4,5 milhões a fugirem. Estima-se que 50 mil ainda permaneciam na cidade em busca de socorro e refúgio.

A divulgação da ONU mobilizou pessoas do mundo todo e a pressão mundial fez com que o Conselho de Segurança da ONU finalmente aprovasse a resolução 2328 que estabelece o envio de observadores. No dia 21 deste mês, o  Comitê Internacional da Cruz Vermelha anunciou que a evacuação da população de Aleppo oriental, Foua e Kefraya.

COMO DEVEMOS AJUDARshutterstock_77880784

A oração do justo pode muito em seus efeitos. Ainda que estejamos distantes fisicamente, a oração uníssona da Igreja pode salvar muitas vidas, enviar a ajuda necessária e reverter situações. Portanto, ore por Aleppo:

  • Ore pelas famílias que permanecem na cidade (Por proteção, socorro, alimentação e abrigo);
  • Ore por ajuda humanitária (Para que os alimentos e água consigam passar e chegar aos necessitados e para que doações sejam levantadas);
  • Ore pelos que estão nas frentes da batalha (por misericórdia, para que se encontrem com o amor de Deus e poupem vidas inocentes);
  • Ore pelo governo sírio (Para que o presidente Assad tenha misericórdia dos inocentes e envie socorro, que busquem a melhor forma de solucionar o conflito);
  • Ore pela comunidade internacional (Para que as grandes potências intervenham no conflito, por estratégias e sabedoria para que a ONU negocie as vidas inocentes que precisam de refúgio);
  • Ore pelos refugiados (por ajuda humanitária chegando aos campos de refugiados – doações e alimentos – por países abertos para recebê-los, por mais programas que ajudem na reinserção desses refugiados no convívio social, para que encontrem abrigo e salvação);
  • Ore por salvação para todos. Os civis inocentes, os rebeldes em guerra, aqueles que estão nas tropas militares e os refugiados que estão sem pátria. (Ore para que tenham encontros com Deus, que conheçam o amor do Senhor. Para que, mesmo em meio a guerra, sejam alcançados com a Palavra e conheçam o evangelho. Ore pelos que morrem diariamente, para que não morram sem salvação).
  • Envie ajuda humanitária:

Você também pode ajudar enviando doações para instituições que têm trabalhado diretamente na Síria. Resgate, primeiros socorros, ajuda médica, ajuda humanitária (alimentos, água, higiene básica), etc. Cada uma das instituições baixo tem feito diferença para Aleppo e necessitam de ajuda para continuar o trabalho que realizam.

  1. Ajude os Capacetes Brancos
  2. Ajude o Médico Sem Fronteiras
  3. Ajude o Comitê Internacional de Resgate
  4. Ajude a Salve as Crianças
  5. Ajude a Agência de Refugiados da ONU
  6. Ajude o Movimento Internacional da Cruz Vermelha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!