Ele foi um aluno graduado na primeira turma da Escola de Ministros Rhema. Hoje, 20 anos depois, o Pastor Garibaldi Benicio volta à sala de aula como se fosse a primeira vez.

Em 2001, ano de inauguração da EMR, ainda eram poucas as igrejas Verbo da Vida que existiam no Brasil. A Sede de Campina Grande (PB) era como um núcleo que se fortalecia, tornado-se um celeiro no envio de ministros preparados para todo o país.

Foi nesse contexto que Garibaldi, membro da Sede nessa época, foi convidado para ser um aluno da primeira turma da Escola de Ministros. Ele se converteu em 1995 e se graduou no Centro de Treinamento Bíblico Rhema em 1998. Junto à esposa Marilene Castro, em 2001, o pastor já estava na liderança do Diaconato da igreja, quando ingressou na escola cheio de expectativas para uma jornada nunca antes trilhada.

Com nostalgia, ele relembra como eram os seus dias de aula na turma pioneira: “Foi um processo de novidade para todos nós. Me lembro de Pastor Bud ensinando sobre fé e, certa vez, ele fez uma prova acerca do batismo no Espírito Santo nos colocando em um círculo. Ele apontava para nós e dizia para a gente orar em línguas e depois disso falava: ‘Agora interprete!’. A unção naquele lugar era tão nítida, que dava tudo certo.

Também lembro que Mama Jan foi nossa professora; assim como Canrobert, que deu aulas sobre organização e foi algo que me chamou bastante a atenção”.

O pastor conta que, há 20 anos, a primeira turma era formada por pessoas que congregavam apenas em Campina Grande, diferente das turmas dos últimos anos, que reúnem pessoas dos mais diversos estados e até de outros países. 

Garibaldi afirma que aquele ano foi de um despertar que gerou mudanças e acréscimo nos alunos pioneiros. A prova disso foi a continuidade do projeto, com novas turmas da EMR nos anos seguintes.

Ele se formou na escola e seguiu servindo na Igreja Sede, onde logo se tornou auxiliar na liderança do pastor presidente nesse período, João Roberto Albuquerque. Chegou a trabalhar como pastor em tempo integral no templo da Sede, mas logo veio um novo desafio: fundar e pastorear a Igreja Verbo da Vida em Queimadas, cidade localizada há apenas 17Km de Campina Grande. A obra completou seus 10 anos em 2021 e tem avançado cada vez mais. 

Junto ao crescimento da igreja, o pastor Garibaldi percebeu a necessidade de continuar se aperfeiçoando para cumprir sua responsabilidade de pastorear com uma excelência ainda maior. 

“Desde 2018, algumas coisas apontaram dentro de mim que eu poderia cursar novamente a Escola de Ministros. Os dias estão abreviados e temos a obrigação de nos determinar com as decisões que precisamos tomar. Então, em 2020, eu me determinei e falei com a diretora Sylvia Lima. Ela ainda pensou que eu queria apenas rever algumas matérias, mas eu expliquei a ela que estava desejoso de refazer o curso.”

Assim, o ministro formado há 20 anos, decidiu se submeter a todos os processos para ser parte da turma deste ano na EMR. Se matriculou e foi inserido em todos os direitos e deveres dos demais participantes. Com alegria e empenho, o pastor Garibaldi tem preservado a sua frequência nas aulas, conciliando com suas atividades como pastor.

Para isso, conta com a diretoria e líderes da igreja de Queimadas, que têm dado o feedback em cada detalhe das programações das quais ele precisa se ausentar, a fim de marcar presença na EMR.

O pastor destaca que cada matéria é um grande renovo. As instruções são absorvidas e logo direcionadas para a prática em seu pastoreio. Segundo ele, apesar da grande proximidade com Campina Grande, existem diferenças culturais em Queimadas e que exigem o seu discernimento sobre como aplicar o conhecimento adquirido. Mas já existem diversas novas instruções que ele recebeu na EMR e que foram implementadas em sua liderança e na igreja que pastoreia.

Marcos e Mikaele Oliveira congregam na igreja de Queimadas e estão cursando a Escola neste ano. Para eles, ter o próprio pastor ao lado, no aprendizado, é uma alegria: “Somos tão enriquecidos por cada aula, cada professor e cada matéria… Para mim é um privilégio estar estudando com o pastor. Percebo que ele está entrando em uma unção diferente. Todos os que o conhecem o têm como exemplo; tanto como sendo ministro, como no fato de estar cursando a escola de novo”, disse Marcos.

Sobre as peculiaridades de ser um pastor já consagrado e que está cursando a escola novamente, Garibaldi compartilha que, regularmente, se depara com  pessoas surpresas com a sua presença nas aulas, a exemplo dos próprios professores. Para estes, ele reforça sobre o desejo que o motivou a voltar aos estudos e, com isto, recebe bastante apoio. 

Pastor Garibaldi também traz à tona a sua admiração pela equipe de diretoria e monitores da EMR:

O cuidado da Escola é muito perceptível e os monitores são excelentes. No coração deles, está escrito I Coríntios 1.10, pois eles são muito unidos, esforçados, atenciosos, sabem como corrigir e orientar os alunos e isso é muito gratificante. Até as ‘chineladas’ de Sylvia não doem (risos). Nossa turma é sempre estimulada por ela para que a gente chegue no fim do ano com uma bagagem farta, prontos para doar”.

O ministro afirma que, em relação a 2001, existe muita diferença em estar cursando neste ano, mas explica que, na medida em que a instituição está cada vez mais aprimorada, o princípio da Escola de Ministros permanece o mesmo: “A Escola era para aqueles que estavam envolvidos no ministério de socorros e veio para nos amadurecer, nos fazer crescer. Continua com esse objetivo, mas hoje tem coisas que não existiam naquela época. Quando algo é feito por inspiração do Espírito Santo, decola. Assim foi com a EMR. Fomos os primeiros e, mesmo sendo a primeira turma, foi gratificante para nós, porém sei que desde lá a liderança aprimorou seu trabalho a cada ano”. 

Tendo cumprido mais da metade deste ano de estudos, o pastor deixa um conselho: “Se você fez a Escola de 2007 para baixo, faça novamente, pois será como algo inédito!”.

A EMR é um lugar para alavancar o seu chamado como ministro do Evangelho, mas também para renovar as bases que o levam a um crescimento exponencial, como tem sido com o pastor Garibaldi.

Os 20 anos de história da Escola marcaram e estão marcando a vida de muitos. Se prepare, pois nas próximas semanas você vai conhecer ainda mais da jornada que fez da Escola de Ministros Rhema o que ela é hoje!

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Graça e paz amados irmãos!
    Boa noite!

    Fiquei muito feliz com esta postagem. E ver o valor que o nosso ministério dá a cada um que
    se aproxima com o coração voltado para servir ao SENHOR e ao próximo. Temos muitas experiências e muitos aprendizados.
    João 13: 17 diz: Se sabemos destas coisas, somos bem felizes se praticarmos. Sempre há um momento, uma oportunidade de colocarmos em pratica o que aprendemos com a Palavra de Deus e com os ungidos do SENHOR.
    Gratidão a todos que estão felizes comigo.

DEIXE UMA RESPOSTA