Projeto Ressurreição duplicou suas atividades em Campina Grande (PB)

Postado em
0

O projeto Ressurreição nasceu em 2018, com o intuito de proporcionar ações evangelísticas para alcançar aqueles que precisam do amor de Deus. A equipe faz parte da Igreja Verbo da Vida Sede, em Campina Grande (PB), com atuação na cidade e em localidades circunvizinhas.

A prioridade é comunicar a Palavra somada à assistência social. A equipe conta com, aproximadamente, 40 voluntários. Para eles, 2021 foi um período extraordinário, já que duplicaram as suas atividades. A conta final soma dezenove evangelismos, sendo quinze presenciais e quatro on-line.

“No geral, duplicamos o número de atividades, saindo da média de oito a nove para dezenove ações. Nas campanhas on-line, um número de visualização de mais de dezoito mil pessoas. Falamos contra o aborto, contra o abuso infantil, contra o suicídio e uma das ações foi especificamente sobre quem é Jesus”celebrou Luana Mayara, líder do projeto.

No início do ano, o Ressurreição inovou através de ligações, nas quais os integrantes do projeto deixavam versículos bíblicos e palavras inspiradas por Deus para aqueles que estavam do outro lado da linha.

Hospital do Câncer, localizado no bairro de Santa Rosa, em Campina Grande, recebeu duas grandes ações neste último ano, dando continuidade às atividades que começaram no início da pandemia. Pacientes e funcionários receberam cartas manuscritas com mensagens cheias de encorajamento. Pessoas foram salvas, inclusive algumas que haviam testado positivamente para o Covid-19.

Na Páscoa, os profissionais da área de saúde do Hospital Pedro I, também em Campina, receberam uma caixa cheia de bombons como forma de carinho e reconhecimento pelo trabalho tão excelente nesse período. Em julho, a equipe retornou ao mesmo hospital para realizar mais uma ação e, de maneira bem-sucedida, conseguiu alcançar almas para o reino.

“No fim do ano, conseguimos ajudar dois presídios: o feminino e o masculino, recebendo kits bastante fartos. Também fizemos uma ação no Asilo Dona Irene, onde graças a Deus conseguimos arrecadar e doar cerca de 120 pacotes de fraldas geriátricas, que não são tão fáceis de se conseguir. Na Comunidade do Papelão, realizamos mais uma atividade e distribuímos 120 brinquedos no mês do Dia das Crianças”, completou Luana, relatando sobre as contribuições do projeto.

Em prol da campanha Setembro Amarelo, o Ressurreição passou por diversas praças do centro de Campina Grande, alertando sobre a relevância da conscientização sobre saúde mental. A Praça da Bandeira recebeu uma ornamentação especial e os voluntários ficaram a serviço das pessoas que precisavam de um diálogo, as ouvindo e falando sobre a Palavra de Deus, como um refrigério para as almas daqueles que buscam paz para as suas mentes.

“Tivemos um ano muito frutífero. Contamos com treinamentos dados por Simon Potter, recebemos uma das nossas missionárias e ainda desfrutamos de diversas reuniões com psicólogos. Para uma equipe que não é tão numerosa, todas essas contribuições fizeram com que 2021 fosse um ano marcante para a gente”, finalizou a líder.

Certamente, Campina Grande foi poderosamente impactada e muitos puderam provar do cuidado de Deus através da visão desse projeto. Assim como a Bíblia garante que é de glória em glória, o ano de 2021 foi um sucesso, mas em 2022 o Ressurreição planeja viver ainda mais do propósito do Senhor para essa visão!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA