“A Igreja nunca avançou tanto de portas fechadas”

Essa frase foi dita por Dione Alexsandra, integrante da equipe de comunicação do Ministério Verbo da Vida. E é isso que temos visto. De fato, a Igreja tem testemunhado a Cristo de todas as formas possíveis neste tempo de quarentena. Seja nas janelas dos prédios, ou nas mídias sociais, Jesus está sendo proclamado!

A Diretoria do Ministério tem realizado, com frequência, reuniões com os Supervisores das regiões, acompanhando o trabalho que está sendo desenvolvido nas igrejas em todo o Brasil nesse período. As instruções das autoridades são claras, mas as informações são volúveis, porém, como ministério, nós permanecemos seguindo as orientações dos governantes para o país e também localmente. 

Diante deste cenário, as igrejas precisaram mergulhar mais intensamente no meio digital para manter os membros alimentados, fortalecidos na fé e em comunhão; juntos, mesmo separados. Cada uma dessas igrejas recorreu às diversas mídias sociais como o YouTube, Instagram, Facebook e Twitter. Nelas, tem sido inúmeras as lives, mensagens, informações gerais, aulinhas para as crianças e, claro, os cultos on-line. Tudo para acolher toda a sua membresia satisfatoriamente. 

80% das igrejas estão com seus cultos sendo realizados virtualmente e a média geral é de 39.558 frequentadores. Cada acesso, equivale a um lar ligado às programações congregacionais e, já que na maioria das casas as famílias possuem duas ou mais pessoas, o número de conectados é muito maior do que este. Atualmente, 82% dos cultos on-line estão sendo transmitidos ao vivo, os demais têm sido gravados anteriormente para serem publicados após edição. É importante destacar que 68% destes cultos são realizados no próprio templo de cada igreja, ainda que sem público. O demais se dividem em outros locais como a residência do pastor, estúdios de gravação, etc.

IGREJAS OFFLINE

Muitas igrejas já possuíam um departamento de Comunicação desenvolvido e costumavam ter plena atividade no mundo virtual, mesmo com as programações presenciais. Outras ainda não tinham essa prática. Assim, aquelas que nunca haviam realizado transmissões ao vivo em seus canais no YouTube, por exemplo, iniciaram campanhas para obterem pelo menos mil inscritos e se enquadrarem no padrão que a rede exige para a atividade ser realizada. O resultado dessas campanhas e da necessidade do público estar conectado foi de quase 60 mil novos inscritos ou novos seguidores distribuídos nos canais do  YouTube e em perfis no Instagram e Facebook dessas igrejas.

Cerca de 40 igrejas nunca tinham realizado nenhum tipo de transmissão, em qualquer uma das mídias sociais utilizadas para isso ou tinham iniciado há muito tempo, mas não deram continuidade. Nessas, incluímos igrejas em outros países também, como Canadá, Suiça e Portugal. No entanto, os líderes de comunicação locais correram contra o tempo para adquirir e aprender novas ferramentas para manter os membros alimentados e supridos pela Palavra. Veja o depoimento de alguns líderes: 

“Começamos a transmitir os cultos ao vivo no ano de 2010, mas paramos por um tempo e voltamos na quarentena”, disse Danilo (Verbo Maceíó-AL)

“Iniciamos as transmissões em 2017, paramos por um tempo e voltamos na quarentena”, afirmou Quel Santiago (Verbo Itajubá-MG)

“Aqui na igreja fazíamos só no facebook. Agora, fazemos também pelo Instagram e criamos um canal no YouTube”, falou Débora Morais (Verbo Guadalupe-PE)

Os pastores estão se desdobrando para pastorearem suas ovelhas virtualmente. Grupos nos aplicativos Telegram e no WhatsApp, reuniões por videoconferência, as próprias lives no Instagram têm sido uma maneira de manter um contato orgânico com os seus membros. Entre os pastores, alguns não possuíam experiências anteriores de frente às câmeras, portanto, tiveram que vencer o desafio de enfrentar as lentes que, por hora, têm sido canais para cada irmão das igrejas que pastoreiam.

Um dos pastores que está vivendo esse desafio é o pastor Humberto Albuquerque, líder da Igreja Verbo da Vida Zona Norte, em Recife (PE):

“Tem sido um desafio muito grande, mas contamos sempre com a ajuda do nosso amigo Espírito Santo porque fazer esses cultos on-line, nesse isolamento social, é muito desafiador. Embora a gente já tinha caminhado em alguma coisa nesse sentido, porque nossos cultos sempre foram filmados e de um tempo pra cá passaram a ser ao vivo, a falta do povo é triste, é lamentável. A gente ministra interagindo com o povo e nós deixamos a porta aberta para os dons do Espírito Santo impor as mãos, profetizar, olhar olho no olho deles, é uma verdadeira comunhão. Aquele calor humano, aquela atmosfera de unidade, de poder, a unção do Espírito com o povo presente é muito diferente. Mas estamos avançando nesse desafio e estamos obtendo bons resultados, vamos caminhar. De alguma forma o Evangelho está sendo pregado, pessoas têm recebido Jesus e sendo curadas também. Eu sempre costumo dizer que nenhum problema de fora será maior do que o estoque de soluções que a gente tem na pessoa do Espírito Santo.”

CULTOS DIVERSIFICADOS

E o que fazer quando bate a saudade de rever os membros? A liderança das igrejas tem sido inspiradas com as ideias mais inusitadas. Uma dessas ideias, em especial, emocionou muita gente. Recentemente, as poucas pessoas liberadas para circularem e tornarem possível a transmissão dos cultos realizados dentro do templo do Verbo Zona Norte, incrementaram as cadeiras com fotos das famílias da igreja, impressas e coladas em cada assento.

“A ideia de colocar as fotos das famílias na cadeira foi de um irmão chamado Gustavo que é lá da igreja, ele viu que alguém fez isso na internet, me mostrou a foto e perguntou o que eu achava de fazer aquilo. Quando eu vi fiquei pensando, achei interessante e como temos uma equipe maravilhosa, a gente conversou e juntos  decidimos que seria muito bom. Foi muito impactante! No primeiro dia que a gente fez, foi uma coisa maravilhosa, eu acho que o povo ficou pensando no culto presencial, o pessoal se emocionou muito! Nós ficamos empolgados também, foi uma experiência muito marcante. Imaginamos coisas boas, imaginamos aquele povo de volta, eu creio que isso trouxe uma visão pra gente de não perder as esperanças, de que  tudo vai  bem e que os melhores dias estão por vir” contou o pastor  Humberto Albuquerque emocionado.

A mesma saudade foi sentida pelo Pr. Thiago Borba. Um culto muito especial também foi realizado no Verbo da Vida Sede em Campina Grande-PB, o Culto Drive-In. 266 carros estiveram presente no estacionamento da igreja para a celebração da Santa Ceia, momento este, que foi realizado com os elementos que cada membro trouxe de casa. Os brados de aleluia e glória a Deus foram substituídos por um buzinaço e faróis piscando em cada momento impactante do culto. (Leia mais sobre o culto aqui)

O Pr. Edilson de Lira, do Verbo em Petrolina, seguiu a mesma linha e tem realizado continuamente os cultos drive-in, sendo até mesmo destaque na TV correspondente da Rede Globo na cidade. (Leia mais sobre o culto aqui)

O pastor Alexandre Honorio e sua esposa Isva Graciano, do Verbo no Guará (DF), pediram para que os membros enviassem fotos das suas famílias. No culto online eles surpreenderam os membros com as fotos em um mural, já que os mesmos não sabiam em que elas seriam usadas. Seguindo, intercederam pelas famílias agradecendo a fidelidade de cada uma, servindo com alegria no Reino e declarando a benção de Deus, o cuidado, o recebimento de instruções e respostas, suprimento, paz e a alegria, sendo referência por onde passarem e sendo testemunhas de Cristo. Foi um momento muito marcante. 

CULTOS KIDS

As crianças também não têm ficado de fora de toda a gama de programações on-line das nossas igrejas. Contação de histórias bíblicas, ensinamentos práticos encenados por fantoches, brincadeiras, enfim, os departamentos infantis estão mais criativos do que nunca e os seus voluntários estão redescobrindo suas próprias habilidades para que os nossos pequenos permaneçam bem alimentados com a Palavra de Deus. 

“Eu vejo que esse tempo tem sido de crescimento, por mais que estejamos com restrições de proximidade física. Através da tecnologia, continuamos próximos às crianças. Para nós que servimos neste departamento, é tempo de crescimento, de descobrirmos novas habilidades e aptidões que Deus nos deu. Foi despertada uma criatividade em nós que talvez antes estivesse adormecida. Vamos voltar às atividades na igreja ainda mais dedicados quando tudo for normalizado”, testemunhou Aluska Diniz, vice-líder do departamento de Crianças da Igreja Verbo da Vida Sede em Campina Grande (PB).

TESTEMUNHOS

Para além das maneiras que as igrejas têm buscado de permanecerem inabaláveis, mesmo em meio a essa crise mundial, o fato é que o reino de Deus está avançando. Cada testemunho que chega através dos comentários nas mídias, cada visualização e cada novo crescimento contabilizado nos meios digitais, são sinais de que existem frutos do esforço de cada equipe de Comunicação local e de suas lideranças, na produção de um conteúdo que tem salvado vidas. 

São 159 vidas que aceitaram Jesus contabilizados até agora. Isso somente contando os casos relatados aos pastores locais. A certeza é de que o Ministério Verbo da Vida e a Igreja do Senhor como um todo não parou, ao contrário, tem acelerado as turbinas para alçar voos, ainda maiores, triunfando em meio a essa tempestade que, certamente, logo passará. Quando isto acontecer, já estaremos em lugares ainda mais altos, que nunca antes foram alcançados.

 A IGREJA MUDOU

A Igreja de Cristo em todo o mundo entrou em novo patamar. Confirmamos que somos fortes n’Ele, que Ele é quem opera todas as coisas e, as paredes nunca foram impedimentos para nós. Passando esse tempo, a Igreja estará mais forte, mais ousada, confiante de que não importa a forma, somos um povo que pregará a Palavra em tempo e fora de tempo. 

Veja abaixo fotos dos cultos on-line de algumas igrejas Verbo da Vida: 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA