Cresça e apareça!

Postado em
1

por Renato Gaudard

Acredito que 2020 nos ensinou algo no sentindo de revitalizar em nós a importância e o valor de estarmos juntos. Ainda que não possamos nos aproximar muito dos que estão conosco aqui, estamos juntos e reunidos com propósito. Tudo o que está funcionando foi inspirado para alcançar a sua vida. Então, interaja com cada irmão. Vamos seguir melhores, cheios das coisas de Deus que receberemos nesses dias. Vamos desfrutar de coisas ainda maiores daqui pra frente.

“Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza. Persiste em ler, exortar e ensinar, até que eu vá. Não desprezes o dom que há em ti, o qual te foi dado por profecia, com a imposição das mãos do presbitério. Medita estas coisas; ocupa-te nelas, para que o teu aproveitamento seja manifesto a todos. Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem” (I Timóteo 4.12-16).

Que orientações poderosas Paulo trouxe para Timóteo nesse texto! Deus tem interesse na sua vida, Ele tem interesse em você. As orientações que Paulo passa têm um objetivo especifico. Paulo queria ver o progresso na vida dele, queria ver o avanço e aperfeiçoamento fosse manifesto.

Deus quer que você se torne melhor, mais maduro. Ele deseja que você progrida e esse progresso seja visto, manifesto diante de todos. Deus tem interesse na sua igreja, nas pessoas que você lidera, mas Ele tem interesse antes de qualquer coisa em você, porque tem que começar em você. Porque você precisa estar bem.

Se você não estiver bem você não vai poder ajudar muita gente e não poderá fazer muitas coisas e, claro, não irá muito longe. Não dá para salvar aqueles que me ouvem se eu não estiver bem. Antes de salvar outros, você vai se salvar, se proteger e se manter bem.

Quando você entrou no ministério foi para continuar crescendo, e não porque chegou no seu ápice, entrou para continuar crescendo. Timóteo já estava no exercício ministerial quando recebeu esse conselhos. Você não chegou no topo ainda, tem muita coisa em você para ser desenvolvido. Deus tem interesse em seu crescimento e Ele quer que esse crescimento seja visto e reconhecido. Vão olhar para você e dizer: ”Rapaz, esse cara não para de crescer, tem algo diferente nele”.

Antes da igreja crescer, antes das pessoas crescerem, você tem que crescer primeiro, tem mais para você! Você acha que já chegou no seu melhor… Não! Tem mais para você meu irmão! Não dá para crescer debaixo da cama, nem da mesa, é hora de crescer e aparecer. Ele quer que você cresça e apareça. Então, cresça e apareça!

O MINISTÉRIO É LUGAR DE CRESCIMENTO! NÃO É LUGAR DE ESGOTAMENTO.

“Vinde a mim vós que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei”. Se você se esgotar, não conseguirá nem se salvar. E se você nem se salvar? Paulo mostra que ministério é avanço e crescimento e não esgotamento. Deus precisa de você bem, salvo, aperfeiçoado.

Você está cuidando de si mesmo?

Tenha cuidado com si mesmo e com a doutrina. É possível cuidar bem da doutrina e não cuidar de si.  Preste atenção em si mesmo, atente bem para a sua própria vida. Cuide do que ensina também.

Cuidar de você não é viver para você. Ninguém está falando para você ser egoísta. Cuidar de você ou cuidar de si mesmo é necessário para poder viver para os outros.

Eu cuido de mim para poder viver para os outros.

“Eu de muito boa vontade gastarei, e me deixarei gastar pelas vossas almas, ainda que, amando-vos cada vez mais, seja menos amado” (II Coríntios 12.15).

Paulo não diz que se gasta sem deixar, ele se deixa gastar, está disposto a se doar, se entregar, tem prontidão de boa vontade e assim, se gasta, se deixa gastar. Paulo não se gastava de maneira descontrolada, ele sabia a medida de doação em cada momento. Ele sabia: “Eu vou até aqui”, em outros momentos ele sabia que precisava ir um pouco mais, se fosse necessário.

Paulo se gastava de boa vontade, porque de má vontade não vale a pena fazer nada no ministério. Em uma versão texto diz: “Sinto-me feliz em dar me a mim a vocês e tudo o que tenho para o seu bem espiritual”.

Você tem que fazer o que faz bem, de boa vontade. Não tem ninguém colocando uma faca no seu pescoço. Faça sabendo o que Deus quer que você faça no lugar que Ele quer.

Faça o seu melhor, se doe, se gaste de boa vontade. Seja feliz, contente com o que está fazendo, esteja alegre por poder fazer o que faz, por se gastar com o que tem se gastado, na medida em que você souber como andar, em cada momento, em cada estação.

Em cada lugar, em cada tarefa e momento, você faz o seu melhor, porque você quer, porque escolheu. Deus o quer crescendo! Essa é a vida que Deus o chamou para viver, viva o ministério alegre e não esgotado.

“E no dia seguinte, partindo dali Paulo, e nós que com ele estávamos, chegamos a Cesaréia; e, entrando em casa de Filipe, o evangelista, que era um dos sete, ficamos com ele. E tinha este quatro filhas virgens, que profetizavam. E, demorando-nos ali por muitos dias, chegou da Judéia um profeta, por nome Ágabo; E, vindo ter conosco, tomou a cinta de Paulo, e ligando-se os seus próprios pés e mãos, disse: Isto diz o Espírito Santo: Assim ligarão os judeus em Jerusalém o homem de quem é esta cinta, e o entregarão nas mãos dos gentios. E, ouvindo nós isto, rogamos-lhe, tanto nós como os que eram daquele lugar, que não subisse a Jerusalém. Mas Paulo respondeu: Que fazeis vós, chorando e magoando-me o coração? Porque eu estou pronto não só a ser ligado, mas ainda a morrer em Jerusalém pelo nome do Senhor Jesus. E, como não podíamos convencê-lo, nos aquietamos, dizendo: Faça-se a vontade do Senhor” (Atos 21.8-14).

Li várias versões desse versículo e em todas estava escrito: estou pronto! Paulo estava pronto para ser preso e, se preciso fosse, para morrer. Paulo não sofreu como um desavisado, ele sabia onde estava pisando.

“E havendo um motim, tanto dos judeus como dos gentios, com os seus principais, para os insultarem e apedrejarem, Sabendo-o eles, fugiram para Listra e Derbe, cidades de Licaônia, e para a província circunvizinha; E ali pregavam o evangelho” (Atos 14.5- 6).

Seja para fugir ou pra morrer, que você faça por convicção. Não importa. Que seja porque você sabe que de boa vontade está cumprindo o chamado de Deus para a sua vida. Cumpra seu chamado alegre e feliz, sabendo que está fazendo o que Deus quer no lugar onde Deus o plantou.

“E, como não podíamos convencê-lo, nos aquietamos, dizendo: Faça-se a vontade do Senhor” (Atos 21.14).

Que o seu lugar seja a vontade do Senhor, nesse lugar ninguém pode fazê-lo mudar de ideia. Não importa o que seus amigos digam. Não importa, se for pra fugir, fuja, se for para morrer, morra, mas que ninguém consiga fazer você mudar de ideia com respeito àquilo que Deus tem para a sua vida. Sobre a sua vida, que seja feita a vontade do Senhor em nome de Jesus!

*Trechos da mensagem durante a Conferência de Ministros Nordeste 2021.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA