Maná Diário

15 DE DEZEMBRO – Para meditar

 

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o principado está sobre os seus ombros; e o seu nome será Maravilhoso Conse­lheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. ISAÍAS 9.6

Os nomes e títulos divinos atribuídos a Jesus comprovam que Ele é, pela Sua natureza, divino e uma pessoa da Deidade:

  1. Emanuel (Is 7.14; Mt 1.23); 2. Deus (Jo 1.1); 3. Senhor (Lc 19.34); 4. Senhor de Todos (At 10.36); 5. Senhor da Glória (1 Co 2.8); 6. Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz (Is 9.6); 7. O Cristo do Senhor (Lc 2.26); 8. Filho de Deus (Rm 1.4); 9. Seu Filho (Jo 3.16,17); 10. Meu Filho amado (Mt 3.17); 11. O Filho Unigênito (Jo 1.18); 12. O Alfa e o Omega, o Primeiro e o Último, O Princípio e o Fim (Ap 22.13 ARA); 13. O Senhor (At 9.17); 14. Filho do Altíssimo (Lc 1.32); 15. Pão de Deus (Jo 6.33); 16. O Santo de Deus (Mc 1.24); 17. Teu Santo Servo Jesus (At 4.30); 18. Rei dos Reis e Senhor dos senhores (Ap 19.16); 19. Senhor e Salvador (2 Pe 3.2); 20. O Verbo de Deus; A Palavra de Deus (Ap 19.13 ARA; Ap 19.13 ARC).

Confissão: “Jesus é meu Senhor. Meu Senhor também é designado Emanuel; Deus; Senhor de todos; Senhor da glória; Maravilhoso; Conse­lheiro; Deus forte; Pai da eternidade; Príncipe da paz; O Cristo do Senhor; Filho de Deus; Seu Filho; Filho unigênito; Alfa e Ômega; Primeiro e último; Princípio e fim; O Senhor; Filho do Altíssimo; Pão de Deus; O Santo de Deus; Teu santo servo Jesus; Rei dos reis e Senhor dos senhores; Senhor e Salvador; Verbo de Deus. Meu Senhor é tudo isso! E é por isso que Satanás não me consegue dominar!”

1 Comentário

Comentários estão fechados.

Destaques da semana​