Como criar uma cultura inspiradora

Postado em
2

por André Martins

Entender o conceito e os princípios de uma cultura e o seu impacto, revela o nosso potencial em trazer uma influência saudável em nosso meio.

Não existe nada mais inspirador, estimulante e impactante do que uma cultura vivenciada. De fato, cultura é o que somos. Em outras palavras, nosso jeito de ser se reflete em tudo o que fazemos. Bem, uma cultura não acontece por acaso, mas é fruto de valores bem estabelecidos, além da intencionalidade e perseverança no processo de construção desses princípios.

A cultura e o ambiente

A cultura molda o nosso ambiente, assim como determina o que iremos experimentar em nossa vida. Por que? Porque ela se torna um parâmetro, uma bússola, um lugar onde devemos estar. Você já conseguiu perceber um ambiente pesado, difícil? Eu já! Inúmeras vezes. Seja no trabalho, em casa ou na igreja, a atmosfera da nossa vida é resultado de alguns princípios considerados, ou, desconsiderados.

Minha experiência

Eu vivo a igreja local. Sirvo a Deus, há mais de 25 anos, com fidelidade. Por isso, posso afirmar, categoricamente, que, por causa da vivência e, hoje, como ministro do evangelho e pastor de uma igreja local, consigo ter uma sensibilidade aguçada para perceber o ambiente no qual me encontro. Não preciso saber de muita coisa, a atmosfera fala!

É extremamente desafiador servir, quando existe indefinição de valores. Isso serve não apenas para os assuntos relacionados à igreja local, mas em tudo que diz respeito ao nosso dia a dia. Indefinição gera insegurança. E a insegurança ( falta de convicção de quem você é e do que foi chamado para fazer ) gera todo tipo de obras da carne. 

“Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis. Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, fornicação, impureza, lascívia” (Gálatas 5.16-19).

Confesso que demorei pelo menos uns cinco ou seis anos de pastoreio para, finalmente, entender e aplicar, com constância, os princípios de uma cultura inspiradora, revigorante e poderosa. Não é necessário inventar a roda. Apenas busque conhecer a visão, na qual você está inserido e deixe bem claro os valores que você quer abraçar para a sua vida e ministério.

Os efeitos

Desde então, tenho visto a fé, alegria e o amor se tornar mais do que um slogan. Esses valores têm se tornado a nossa vida! Nós, literalmente, encarnamos a visão! Somos cheios de alegria, fé e amor. Nesses dias, ouvi um comentário de um visitante:

“Eu nunca vi uma igreja tão alegre como essa!”

Que injeção de ânimo! Feedbacks como esse só nos encorajam e nos motivam a continuar crescendo. Exercemos a nossa nossa cultura em absolutamente tudo o que diz respeito à igreja. Seja no diaconato, grupo de música, boas vindas, criatividade, filmagem, livraria, social, jovens, crianças, enfim… Tudo têm o nosso jeito de ser!

Seis princípios para criar uma cultura inspiradora em nosso ambiente

  1. Defina os valores que você quer abraçar
    Em nossa igreja local, abraçamos a fé, alegria e o amor como nossa base de valores.
  2. Fale constantemente sobre os princípios
    Não é entediante falar as mesmas coisas. Pelo contrário! É uma segurança a mais para quem ouve! (Filipenses 3.1)
  3. Organize sua vida em torno da cultura
    Faça tudo de acordo com a cultura que você deseja para a sua vida. Isso irá preservá-lo de viver outra realidade.
  4. Assuma um comportamento
    Comportamento é o resultado de hábitos. Hábitos são o resultado daquilo que fazemos constantemente. Quer viver uma cultura? Encarne a visão!
  5. Avalie a visão constantemente
    É fácil a gente se perder no meio do processo. Por isso, faça as seguintes perguntas:
    Eu estou indo bem? Eu estou vivendo aquilo que realmente acredito?
  6. Celebre o que há de melhor
    Gratidão muda o nosso ambiente. Ela afeta nossa disposição, expectativa e nos faz ter uma percepção correta da realidade. Sim, ainda temos muito a melhorar, mas, comparado ao que éramos, estamos bem melhores!

Bom, tenho certeza que, se aplicados, esses princípios irão construir não só o seu presente, mas também o seu futuro.

Acredite, seu futuro é brilhante!

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA