É no poder do Altíssimo

Postado em
0

por Marina Cabral
*Diretora da Escola Bíblica on-line e  Escola Ministerial Verbo da Vida

Eu trago um suprimento da parte de Deus e você traz outro. E essa grande junção vai resultar em uma grande expansão. Quando o apóstolo Paulo se converteu, ele precisou de alguém para abrir a porta, para acolhê-lo e Deus enviou Barnabé.

Eu escuto mais ministrações sobre Paulo do que sobre Barnabé, mas este é igualmente importante para o cumprimento de um plano grandioso, que começou na vida de Paulo, mas nos alcança até hoje.

Eu não me importo se serei Barnabé, Maria ou Joana. Isso não importa, contanto que eu esteja no centro da vontade de Deus. Se Barnabé tivesse se negado a abrir a porta para Paulo, crendo que o apóstolo iria se sobressair, imagine o prejuízo no Corpo de Cristo…

Não podemos ter nossa vida por preciosa, mas uma coisa temos que fazer: prosseguir para o alvo, para o Autor e Consumador da nossa fé. 

Nós somos filhos de Deus e, como filhos, somos guiados pelo Espírito. Muitas vezes essa direção divina vai ser para darmos apoio para alguém, como quando a bola caia no terreno vizinho, e oferecíamos nossas mãos para o colega subir e alcançar o topo do muro, pegasse a bola e voltássemos a jogar. Qual o mais importante? O que pegou a bola ou que serviu de apoio? Os dois! O Corpo de Cristo é assim! “Jogar a bola”, fazendo a vontade de Deus é o mais importante. E a vontade de Deus, às vezes, se estabelece quando nós damos preferência ao outro. 

Parece impossível o Verbo da Vida ir para todas as nações, mas eu decido crer naquilo que diz a Palavra: “há coisa demasiadamente difícil para o nosso Deus?”. Eu decido crer no que diz em Lucas: “não haverá impossíveis para Deus em todas as Suas promessas”.

Existe um plano específico de Deus para cada um de nós e, enquanto fazemos a parte que nos cabe, Ele vai nos promovendo, fazendo conexões e realizando grande feitos através de nós. Existe, sim, uma forma de fazer a vontade de Deus, e essa forma é, verdadeiramente, por meio de uma vida irrepreensível. 

O Senhor fala, claramente, para Maria qual o Seu propósito para ela. Esse plano nós descobrimos na comunhão com o Senhor. Deus quer que entendamos a vontade d’Ele.

Quando falamos sobre alargamento e expansão, o que precisamos fazer? Fincar bem os fundamentos, porque um edifício raso não se expande. Quando estabelecemos bem os fundamentos e valores, falando as mesmas coisas, Deus vai nos expandir. E quais são os nossos valores para que possamos expandir? Unidade, fé, amor, integridade, fervor de espírito…quando estivermos com esses valores bem arraigados, poderemos expandir. 

Quando estamos diante de um grande plano, tendemos a ficar ansiosos e preocupados, mas há uma forma de reagir: alegre-se! Essa alegria é espiritual, foi dada por Deus para atravessar os desafios e obstáculos que o diabo coloca diante de nós. Existe graça e favor para fazer o que Deus está projetando. 

Descerá sobre ti o Espírito Santo”. É o Espírito Santo quem vai nos envolver, que vai fazer através de nós. É o pode do Altíssimo que vai abrir caminhos. Não será de forma natural, pois é no poder do alto que o plano de Deus, para mim e para você, acontecerá. E esse poder é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Ele nunca mudou e nunca mudará. 

Nem a morte pôde detê-lO, o que são as impossibilidades naturais? Nada! De Deus não se zomba, se Ele falou, já deu certo. Só precisamos perseverar, fazendo aquilo que nos foi confiado. Não na nossa força, mas no poder do Altíssimo. Esse poder nos fez chegar até aqui e vai nos fazer avançar. Que possamos responder como Maria: “Que se cumpra em mim conforme a Tua Palavra“.

 

 *Trechos da mensagem do dia 29 de julho de 2022, na Conferência de Ministros na África.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA