Maná Diário

Características de uma seita

anderson oficialAnderson Ferreira

Líder do discipulado na Igreja Verbo da Vida Petrolina, PE

Analisando as cartas de Paulo, podemos observar a forma zelosa com a qual ele defendia o Evangelho e a paixão que ele tinha pela pureza doutrinária das Igrejas as quais supervisionava. Movido por esse zelo e inspirado pelo Espírito, em sua ultima Carta ao seu filho na Fé, Paulo fala profeticamente sobre uma das características mais marcantes dos últimos dias: que surgiriam pessoas, dentro do próprio “Cristianismo”, que não suportariam mais a sã doutrina de Cristo e que pregariam doutrinas conforme suas próprias concupiscências (desejos) e que desviariam os seus ouvidos da Verdade (2 Tm 4.3-4).

O próprio Mestre, no capítulo 24, no versículo 11 de Mateus, também nos adverte que nos últimos dias surgiriam muitos falsos profetas e que estes enganariam a muitos. E é justamente dentro desse contexto de falsos profetas e de falsos ensinos que se encaixam as seitas. A palavra seita vem do grego ‘Hairesis’ e significa facção, partido, grupo. Nos dias do Novo Testamento era usada para se referir as facções religiosas do judaísmo (At 5.17; At.15.5; At 28.22) dentre as quais até os seguidores de Cristo foram chamados de Seita.

No sentido doutrinário, uma seita é todo grupo religioso que se afasta da Sã Doutrina de Cristo, criando para si suas próprias teses, conceitos, dogmas e doutrinas. Segundo os Heresiologistas (teólogos que estudam as seitas e Heresias), as seitas têm algumas características em comum que tornam de certa forma, fáceis a sua identificação. Tendo visto as admoestações de Paulo e do próprio Jesus com relação ao aparecimento de falsos mestres e falsas doutrinas nesses últimos dias, vamos analisar nesse post, de uma forma sucinta, quais são as principais características de uma seita, para que não venhamos ser enganados “por todo vento de doutrina” (Ef 4.14).

1. Fontes de Autoridade Extra Bíblica

Nenhuma seita aceita somente as Escrituras como sua única fonte de autoridade. Para algumas, somente a sua própria “tradução” das Escrituras é válida. Outras, embora afirmem crer em sua inspiração, somente aceitam a interpretação “ungida” de seu líder ou líderes. Outras acrescentam outros livros “sagrados” e os colocam em pé de igualdade com a Bíblia.

Vários versículos na própria Bíblia deixam mais que claro a sua supremacia e autoridade final para nossas vidas (Sl 119.105; 2Tm 3.16), e ela mesma nos adverte que a ela nada deve ser acrescentado, ainda que um “anjo” do céu desça e transmita outra mensagem além da que já nos foi dada (Ap 22.18-19; Gl 1.8-9).

2. Pregam um Jesus diferente do exposto nas Escrituras

Todas as Seitas tem uma visão distorcida acerca da pessoa de Jesus. Nenhuma delas confessa a divindade de Cristo. Segundo alguns, ele era o “Anjo Miguel em forma de Carne”, para outros ele era “um deus” de segunda categoria. Alguns afirmam que ele foi a primeira criatura feita pelo Pai. Além disso, alguns grupos religiosos negam a humanidade de Cristo, afirmando que de fato ele não veio em carne, mas que seu corpo era apenas um mero “fantasma”.

Em resposta a isso afirmamos que a Bíblia ensina que Jesus é Deus (Jo 1.1; 20.28; Tt 2.13; 1 Jo 5.20, etc.). Assim sendo, não pode ser equiparado meramente com seres humanos ou mitológicos, nem mesmo com os anjos, que o adoram (Hb 1.6). A Bíblia atesta a autêntica humanidade de Jesus, pois nasceu como homem (Lc 2.7), cresceu como homem (Lc 2.52), sentiu fome (Mt 4.2), sede (Jo 19.28), comeu e bebeu (Mt 11.19; Lc 7.34), dormiu (Mt 8.24), suou sangue (Lc 22.44), etc.

3. Exclusivismo e Negação da Salvação pela Graça

Outra característica marcante das Seitas é o Exclusivismo. Segundo seus adeptos, somente seu grupo religioso é o portador da verdade, a verdadeira Igreja de Cristo, o verdadeiro povo Eleito, e todas as demais igrejas e denominações estão enganadas. Por conta disso os membros de seitas são proibidos de ter comunhão com cristãos de outras denominações e são até proibidos por seus líderes de participar de qualquer culto que não seja do seu grupo religioso.

Alguns grupos chegam ao extremo de afirmar que somente em seu grupo religioso é que alguém pode encontrar a Salvação. Aliado a isso, somam-se conjuntos de normas e regras que devem ser obedecidas para que o adepto possa ser de fato salvo, levando a um legalismo constrangedor.

A bíblia é clara ao afirmar que nossa salvação é pela Graça e não por nossas obras (Efésios 1.8-9; 2.8-9), e que nossa salvação vem de nossa confissão de Fé do Senhorio de Cristo (Atos 4.12; Rm 10.10-11), pois o pecador é salvo quando se arrepende (Lc 13.3) e aceita a Jesus como Salvador único e pessoal (At 16.30-31). Jesus é o único caminho ao Pai, e não uma religião ou grupo religioso específico (Jo 14.6). Embora as diversas igrejas tenham sistemas de governo diferentes, liturgias e até venham a divergir em alguns aspectos, somos unidos pelo sangue de Jesus que salvou a todos nós (João 3.16) e também, nos unimos em propósitos comuns, pois onde há unidade o Senhor ordena a benção (Salmos 133).

A bíblia nos ensina que ao servo de Deus não convém contender (II Timóteo 2.24). Nosso Objetivo nessa postagem não é o de criar polêmicas ou de acusar outros grupos ou pessoas. Não temos o objetivo de debater interminavelmente assuntos doutrinários, pois o apostolo Paulo nos orienta: “Fiquem longe da insensatez, de discussões sem propósito” (Tito 3.9, Versão A Mensagem). Como discípulos de Cristo, seguindo as orientações das Escrituras, estamos sempre dispostos a, em amor, responder àqueles que nos perguntarem sobre a razão da esperança que há em nós (I Pedro 3.15). Espero que você tenha sido abençoado!

6 Comentários

  • Lindo seu trabalho extremamente coerente e com base Bíblica, bem fundamentado Parabéns!!!

    Resposta
  • como posso participar desse treinamento quero aprender mais sobre a biblia sobre Jesus

    Resposta
    • Olá! Graça e paz! Segue o link com todos os endereços do Rhema, bem como os contatos de cada localidade para obter mais informações: Clique aqui !

      Att. Redação Verbo da Vida

      Resposta
  • Frequento a Igreja Verbo da Vida (Petrolina-PE) a dois meses e acho muito interessante a formam como pregam o evangelho de Jesus, acho verdadeiro e esclarecedor, não deixam duvidas nas palavras, gostaria muito de estudar no CENTRO DE TREINAMENTO RHEMA BRASIL.

    Resposta
  • Quero deixar também meu depoimento sobre a Escola Centro de Treinamento Rhema Brasil…2 anos de muita clareza sobre a palavra, crescimento espiritual só tenho a agradecer a Deus por mestres ungidos e guiados pelo Espírito pra falar dessa palavra de Deus que mudou a minha vida e mudará a vida de muitas outras pessoas Hoje através do Rhema o que é ser Abençoada na prática da palavra!!!!

    Resposta
  • EU GOSTEI MUITO DO QUE LI!
    POIS, EU PARTICIPEI DOS DOIS ANOS DE ENSINAMENTOS DO (CENTRO DE TREINAMENTO RHEMA BRASIL) PARA MIM FOI MUITO BOM, E EDIFICANTE. EDIFICOU MUITO A MINHA VIDA!
    EU LOUVO A DEUS POR TUDO O QUE APRENDI!
    APRENDI TAMBÉM SOBRE TER UMA VIDA DE PROSPERIDADE A LUZ DA PALAVRA DE DEUS. MUITO, MAIS MUITO EFICAZ!
    OS ENSINAMENTOS DO RHEMA NÃO ME AFASTARAM DO MEU ÚNICO SALVADOR; JESUS CRISTO, O FILHO UNIGÊNITO DE DEUS, MUITO PELO CONTRÁRIO, ME FEZ SABER E TER A CERTEZA DE QUE VERDADEIRAMENTE ESTÁ EM MIM, HABITA EM MIM E QUE, VOU PERMANECER JUNTO A ELE ETERNAMENTE. ALELUIA! PORTANTO, MUITO OBRIGADO PRIMEIRAMENTE A DEUS PELO RHEMA E DEPOIS POR TODOS OS PROFESSORES QUE PASSARAM PELA SALA DE AULA COMO INSTRUMENTOS DE DEUS NOS LEVANDO AO CONHECIMENTO DA PALAVRA REVELADA! VALEU!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!

Relacionados