O Evangelho é a causa

Postado em
0

por Guto Emery

A oração é um passeio, é um lugar de descanso, onde você se deleita no Senhor. Deus pode se tornar tão real na oração pra você quanto uma pessoa que você precisa conversar com ela. Deus pode se tornar uma pessoa que você tem comunhão com ela como acontecia com Paulo dentro de uma prisão. Paulo não tinha com quem conversar, mas tinha Deus.

Meu Deus é tudo. Ele me faz celebrar por coisas que eu não vejo ainda. Eu estou vendo coisas tão boas que vão acontecer em nossa nação. Seu futuro é glorioso, maravilhoso. Estamos crescendo e ficando melhor, sendo influenciadores na nossa sociedade. É possível passar por situações difíceis, como uma tempestade, mas é possível ver uma tempestade chegar e você nem olhar para ela. Deus livra você de toda tempestade!

A oração é uma viagem onde você se sente estimulado a ir mais além, a orar pelo próximo.

Você tem um Salvador dentro de você.

A missão que Deus nos dá é desafiadora mesmo. Sem desafio, você fica desgovernado, descontrolado. Estamos em uma corrida. Quando vemos um irmão desanimando, devemos dizer para ele avançar e continuar a corrida. 

Que o crescimento de outro seja motivação para você também. Se uma igreja Verbo da Vida está despontando, é porque Deus está agindo naquele lugar. Devemos ser estimulados pelo crescimento e sucesso do outro.

Pegue uma causa e comece a pensar sobre isso. Eu tenho uma causa que me impulsiona e eu não tenho medo de morrer por ela. O Evangelho é essa causa. Qual a causa que lhe faz se colocar de joelhos? Qual a motivação para você estar na sua igreja?

“Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo” (Efésios 3.14).

Sharin, no hebraico, significa compartilhar, representa o amor ao próximo. Não existe nada precioso que não possamos dar para ver outras pessoas crescerem.

Qual a causa pela qual você entrega a sua vida para a morte? Quando estamos fazendo algo pela causa do Reino, a gente não liga de se doar e não olha para a hora.

Quando você tem uma convicção de que a causa é de Deus, você não desiste por nada. A causa que você abraça faz você ficar no canto que Deus quer independentemente se for bom ou não pra você. Por mais que você pense que o seu chamado é desafiador, sacrificial, não se compara com o que muitos deixaram de legado para nós. Nós temos um Brasil para dar conta. Vamos crescer e deixar de meninice. Vamos ser uma influência, um potencial para levar pessoas para o céu.

Vamos manifestar com mais força o que acreditamos porque existe um Evangelho a ser pregado. Eu quero lhe conclamar para este tempo. Deus vai fazer um reboliço santo nesta nação. Deus vai começar a mexer situações para lhe abençoar na frente, do lado e do outro lado.

Se você não tem uma causa, eu quero lhe apresentar uma. Estamos em um ano de eleição e precisamos colocar os nossos joelhos diante do Senhor por essa causa. Vamos levantar esse Evangelho e vamos ser influência nas faculdades, no trabalho e onde estivermos. E a influência vai estar sobre a sua vida para capacitar a falar a Palavra com ousadia. 

Existe uma graça sobre a sua vida para lhe tornar melhor, mais habilitado, mais capacitado, mais cheio de vida e ousadia pra você ser cabeça e não cauda. Eu não me conformo com o que o diabo está fazendo na vida de alguns. Você não tem que viver uma vida miserável. Jesus já pagou o preço por você. Você tem que ter outro tipo de mentalidade. Pare de pensar pequeno. Pare de pensar que não pode. Você é mais do que vencedor. Diga: Eu tô feliz diabo. Eu tô alegre. Eu posso todas as coisas naquele que me fortalece. 

Pr. Bud tinha um cachorro pequenininho chamado Paco. E ele dizia: “Deus sabe o que faz. Se esse cachorro fosse grande, ninguém entraria na casa dele”. E o cachorro não gostava muito de mim. Pr. Bud gostava quando eu provocava ele. Eu apontava o dedo para ele e ele rosnava mostrando os dentes. 

Deixa eu lhe dizer uma coisa: mostre os teus dentes para o diabo. Diga a ele: “Eu estou feliz, diabo. Eu estou alegre. Eu posso todas as coisas”

O tempo pode passar, mas você não tem que ficar pior. Você tem que melhorar. Temos uma fé que cresce, que dá resultados, uma fé que vai para a Polônia, que vai para a Ucrânia, para a Venezuela, que vai para o sertão. Chegou a hora de você romper. Diga: “Eu vou!”.

Se tirarem o milagre do Evangelho, ele se torna uma religião comum. Nós somos do Evangelho. Diga: “Eu sou do Evangelho. Eu sou Verbo da Vida e não me envergonho disso. Eu sou abençoado e ninguém pode mudar isso. Eu sou uma bênção”

Sinta a alegria de viver a missão que Deus lhe deu. Seja grato pela vida, pelo ar que respira, porque você é cheio de alegria. 

 

 

*Trechos da mensagem do dia 13 de julho de 2022, na Conferência de Ministros Nordeste

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA