Três atitudes para você evitar

Postado em
0

por Thiago Borba

“E tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor; como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada; Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição. Vós, portanto, amados, sabendo isto de antemão, guardai-vos de que, pelo engano dos homens abomináveis, sejais juntamente arrebatados, e descaiais da vossa firmeza; Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém” (II Pedro 3.15-18).

Nesse texto, Pedro iguala as escrituras do Velho Testamento aos escritos de Paulo. Ele fala acerca de três características de pessoas que costumam distorcer as escrituras: ignorantes, instáveis, e insubordinadosQuero destacar essas características para que não cultivemos essas atitudes. 

IGNORANTES

Quando penso em alguém ignorante, é alguém que não tem conhecimento, alguém que não aprende as coisas, que tem dificuldade de receber conhecimento. Você não é mais ignorante, até porque você já fez o Rhema. Mas é possível nos tornarmos novamente ignorantes mesmo já tendo recebido conhecimento. 

“Do qual muito temos que dizer, de difícil interpretação; porquanto vos fizestes negligentes para ouvir. Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitais de leite, e não de sólido mantimento” (Hebreus 5. 11-12).

É notório que no texto ele está falando sobre crescimento espiritual. Pois, existem pessoas que já têm bagagem espiritual, passaram da fase da ignorância, mas parece que ao invés de continuar crescendo, estão regredindo, esses são ignorantes. Você começa a regredir, perder aquilo que alcançou. 

Quando a gente cresce, naturalmente falando, adquirimos uma estatura natural que não muda após nos tornarmos adultos. 

Quando vamos para a academia, após alguns meses, ficamos mais fortes, aí você para de malhar porque ficará daquele jeito para o resto  da vida. Quem dera que fosse assim, mas não é. 

Já viu um atleta fora de forma? Ele não consegue render o que rendia antes. Ele não aguenta mais correr 90 minutos e nem corre com facilidade, é exatamente essa imagem que o escritor está falando. Você está fora de forma espiritualmente, e quando a gente para de se esforçar para crescer espiritualmente regredimos. 

Na nossa vida espiritual ou estamos crescendo ou estamos regredindo? 

A experiência com a Palavra gera maturidade. Colocá-la em prática o faz mais maduro no Senhor, mas é necessário praticar constantemente. Alguns ignoram o conhecimento que recebem e isso as torna imaturos em Deus.

É possível ignorar aquele conhecimento que recebemos no Rhema. Fomos bons ouvintes, mas não somos operosos praticantes. A prática da Palavra nos amadurece. Sem a prática, seremos sempre ignorantes. 

Por não darmos atenção ao conhecimento que recebemos no Rhema, ao perdermos, voltamos a ser ignorantes. 

INSTÁVEIS 

São pessoas que não tem instabilidade, creem correto e depois mudam e passam a crer de forma errada. Ninguém está livre disso. 

“Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente” (Efésios 4. 14).

Dentro do nosso meio existem pessoas que distorcem a verdade e mudam para conseguir mais seguidores. É possível que nós, que somos esclarecidos, possamos mudar a nossa mentalidade e deixar falsas doutrinas nos enganar. Ninguém fica imune se não zelar pela sua própria vida. Se algum de nós pregar diferente do que estou pregando hoje, amaldiçoe.

Como está a sua firmeza doutrinária? 

Se um anjo chegar até você pregando diferente, não receba. Tenha cuidado, se alimente com as mesmas verdades que já ouviu, pratique. Tudo o que você não alimenta, morre. Então, medite na palavra! Não se canse de estudar as mesmas coisas. Se Paulo não cansava de escrever, não se canse de estudar. 

Nós, seres humanos, precisamos repetir as mesmas coisas, ler os mesmos livros. Isso nos fará guardar as verdades dentro de nós.  

Ninguém aprende nada se não quiser aprender. Todos nós somos influenciáveis. O que você ouve gera convicções, isso funciona para a fé e para o que perturba a fé.  

Todo aquele que prevarica, e não persevera na doutrina de Cristo, não tem a Deus. Quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto ao Pai como ao Filho“ ( II João 1.9).

Guarde os mandamentos que você recebeu, proteja a Palavra de influências erradas. Talvez você não leve os pregadores para jantar, mas quais livros tem lido? Quais vídeos você tem assistido? 

O fermento faz crescer, mas Jesus disse cuidado com os fermentos dos fariseus. Não leia de tudo e nem ouça de tudo. Não levante inimigos para a sua fé, se expondo sem filtros, sem cuidados. Não leia nada que contrarie a sua fé. Você pode ler livros diferentes, mas antes de ler, procure conhecer o autor, não se exponha a qualquer coisa. 

Existe uma linguagem no que lemos e meditamos. Não perca essa linguagem. Quando você lê coisas diferentes e está pregando, fica claro nas suas mensagens. Eu conheço quem está afinado na visão. Tem pessoas instáveis que não conseguem estar firmes na vida.

INSUBORDINADOS

São ministros que não se submetem a ninguém, não se subordinam a ninguém, acham que agora que são ministros só pode ter pessoas abaixo deles. Sempre estamos servindo alguém, seja abaixo ou acima de nós.  

Você pode ter quantos mentores quiser, mas precisa ter um pastor. Alguém com autoridade de te disciplinar, alguém que você submete as revelações novas que está recebendo. 

Você precisa ter um pastor. Você precisa ter alguém mais maduro que você por perto. 

E, se no alheio não fostes fiéis, quem vos dará o que é vosso?” (Lucas 16.12).

Seu pastor tem uma visão e você precisa ser fiel a essa visão. Seja fiel nas pequenas coisas.  Muitos de nós estamos dispostos a fazer grandes coisas para o Senhor, mas poucos de nós estamos dispostos a fazer as pequenas coisas. Querem tornar-se líder, sem antes ter um coração para servir. O serviço é fundamental no chamado do Senhor. 

Vão ter coisas acontecendo no meio do povo que só quem está servindo vai ver,  só quem está servindo vai perceber os milagres. Existe um agir de Deus que transforma o nosso serviço em grandes milagres. Não podemos deixar de servir nunca. 

Que essas três palavras estejam correndo da sua vida. Isso não pode ter em nosso meio. Medite, estude a Palavra de Deus, não se deixe influenciar por doutrinas diferentes e mantenha sempre um coração de servo, submisso.

 

*Trechos da mensagem de 18 de setembro de 2022, na Conferência de Ministros Sudeste


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA