Verbo FM

Proteja a Palavra

Jesus diz em João 14.15: “Se vocês me amam guardarão os meus mandamentos”. Esse é um princípio que se repete na Palavra de Deus. O nosso amor a Deus está relacionado a guardar a sua Palavra. E isso me traz muita segurança, porque amar a Deus não é um sentimento, não é uma emoção, não são apenas palavras que eu falo para Deus, não tem a ver com como eu me sinto em relação a Deus, porque os sentimentos são muito voláteis. E, se o amor a Deus fosse baseado nos nossos sentimentos, ele seria muito volátil também.

A Bíblia afirma que nosso amor a Deus está conectado com nosso relacionamento com a Palavra d’Ele. A prioridade que você dá a ela é a prioridade que você dá a Ele.

“Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele” (João 14.21).

Aquilo que nós vamos ter da parte do Senhor em nossa vida depende de guardarmos os seus mandamentos. Em I João 5.3, a Bíblia diz a mesma coisa: “Porque este é o amor de Deus: que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são pesados”(I João 5.3).

Em I João 2.3, ele diz a mesma coisa, ele dá um alerta muito forte pra gente, e no verso 4 ele afirma: “Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade.”

Não queremos nos encaixar nessa classificação de mentirosos, e para isso temos que zelar pela Palavra de Deus, guardá-la. Essa palavra “guardar” que é tão repetida na Bíblia, tem a ideia de “cuidar, proteger, considerar a Palavra”. Nós temos uma responsabilidade com ela, nosso amor a Deus depende do quanto estamos protegendo a Palavra que estamos recebendo. 

“Muito me alegro por achar que alguns de teus filhos andam na verdade, assim como temos recebido o mandamento do Pai” (II João 1.4).

O mesmo mandamento que está em João 13, “um novo mandamento vos dou que vos ameis uns aos outros como eu vos amei”. Ele está lembrando isso, mantenha esse mandamento, ame uns aos outros. 

“E o amor é este: que andemos segundo os seus mandamentos. Este é o mandamento, como já desde o princípio ouvistes, que andeis nele” (II João 1.6).

Mais uma vez João liga amar a Deus com obedecer aos Seus mandamentos, amar é andar segundo os Seus mandamentos. 

Olha como é engraçado e pode até ser um pouco confuso o que João está dizendo. Lembre que o mandamento é amar, mas amar é guardar o mandamento. Ele cria um círculo virtuoso aqui, ligando o amor de Deus a guardar os mandamentos, e lembra que guardar é proteger, zelar. 

“Porque já muitos enganadores entraram no mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Este tal é o enganador e o anticristo. Olhai por vós mesmos, para que não percamos o que temos ganho, antes recebamos o inteiro galardão” (II João 1.7-8).

Aqui a coisa começa a ficar mais séria ainda. Ele diz que se você der ouvidos aos enganadores, se você não guardar a Palavra que está em você, pode colocar a perder o trabalho que temos realizado com esforço na sua vida. 

Ele fala como ministro, pois como ministros nós realizamos um trabalho com esforço na vida das pessoas, mas cabe a cada um de nós como cristãos zelar e proteger a Palavra de Deus, se não fizermos isso podemos colocar a perder tudo o que recebemos, se não a protegermos, podemos até comprometer o galardão que receberemos do Senhor.

“Todo aquele que prevarica, e não persevera na doutrina de Cristo, não tem a Deus. Quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto ao Pai como ao Filho. Se alguém vem ter convosco, e não traz esta doutrina, não o recebais em casa, nem tampouco o saudeis. Porque quem o saúda tem parte nas suas más obras” (II João 1.9-11).

João está dizendo para termos cuidado com aqueles que vão além da doutrina de Cristo e diz para não darmos ouvidos, para não comprometer o trabalho ou mesmo perder o galardão do Senhor, e ainda diz para nem recebermos esse tipo de pessoa em casa ou dar as boas-vindas. Isso pode não parecer coisas de crente, mas eu quero te lembrar que João está falando sobre andar em amor. E andar em amor é guardar os mandamentos, não é aceitar qualquer coisa que as pessoas falem ou até mesmo deixar que outras coisas contaminem a Palavra que está dentro de nós. Porque andar em amor é protegê-la. 

Você pode pensar: “Mas, pastor, eu não estou recebendo ninguém assim na minha casa”. Deixa eu lhe fazer uma pergunta: que tipo de livro você está levando para sua casa? Ou que tipo de ministração você tem ouvido? Que tipo de coisas você tem aberto o seu coração?

“E chegou a Éfeso um certo judeu chamado Apolo, natural de Alexandria, homem eloquente e poderoso nas Escrituras. Este era instruído no caminho do Senhor e, fervoroso de espírito, falava e ensinava diligentemente as coisas do Senhor, conhecendo somente o batismo de João. Ele começou a falar ousadamente na sinagoga; e, quando o ouviram Priscila e Áquila, o levaram consigo e lhe declararam mais precisamente o caminho de Deus” (Atos 18. 24-26).

A Bíblia fala sobre esse homem cristão, e traz muitas características a favor dele, mesmo sem ter ainda o batismo no Espírito Santo, mesmo assim Priscila e Áquila o chamaram à parte, levaram ele até a sua casa e lhe ensinaram com mais exatidão o caminho do Senhor.  Isso me mostra que mesmo a pessoa tendo habilidade para ministrar, mesmo que seja bem intencionada, se ela não conhecer acerca do batismo no Espírito Santo, ela ainda não tem muita exatidão nos caminhos do Senhor.

Muitas vezes, nós procuramos livros na internet, ministrações, e tem muitos ministros bons por aí, com muita habilidade em falar, mas eu tenho um cuidado na minha vida em proteger a Palavra que tenho dentro de mim. Porque mesmo as pessoas bem intencionadas, se elas não crerem como eu creio, as instruções delas não serão tão exatas como deveriam e vão carecer de algumas informações importantes para mim.

Eu não posso me expor a qualquer ensinamento, porque uma pessoa que conhece muito as Escrituras, mas não crê no batismo no Espírito Santo, por exemplo, o ensinamento dessa pessoa vai ter muitos buracos, porque ela vai tentar resolver naturalmente o que só o Espírito Santo pode fazer. Proteja a Palavra dentro de você. Você não precisa ler de tudo, não precisa ouvir qualquer mensagem. Precisamos protegê-la, pois essa é a verdadeira demonstração do nosso amor a Deus. Não abra o seu coração para qualquer coisa. A Bíblia nos mostra e nos ensina que devemos nos afastar de algumas pessoas. 

“E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles” (Romanos 16.17).

Todos nós podemos ser influenciados pelo que ouvimos. Convicções são geradas em nós, quando ouvimos coisas alinhadas à Palavra de Deus. Protegê-la significa não dar ouvidos a qualquer coisa que possa contaminá-la. Ninguém é maduro o suficiente a ponto de não ser influenciado pelo que ouve. Acima de tudo o que se deve guardar, guarde o seu coração. 

Se o seu coração está cheio da Palavra de Deus, é isso que vai sair para edificar as pessoas. Mas, se você enche o seu coração com coisas contrárias, é apenas isso que você vai ter para dar de comer aos outros. Precisamos cuidar do nosso modo de viver e da Palavra de Deus em nós. Se você fizer isso você vai guardar a sua vida e dos que o ouvem. 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!