Conscientes da presença

Postado em
1

por Humberto Albuquerque

Eu creio que nessa pandemia o diabo deu um tiro no pé. As igrejas aumentaram e se multiplicaram. Quando o diabo pensa que está ganhando, Deus o pega de surpresa. Estamos nos últimos dias e eu creio que o Senhor não vem buscar uma Igreja qualquer, mas vem buscar uma Igreja triunfante. Jesus não nos salvou para salvar de novo. Ele não nos salvou para fazer reparos em nós lá no céu. 

A fé sempre espera o melhor, porque Deus é bom.

Sabemos que existe a unção de Deus em nós, sobre nós, mas também existe um agir de Deus apesar de nós. Você acha que todos os que atravessaram o mar vermelho estavam crendo? Ainda assim, Deus fez! Crie expectativas, pois Deus vai fazer coisas apesar de mim e de você. Abra a porta para Ele fazer coisas apesar de você. Deus é sistemático, mas ao mesmo tempo assistemático, sem lógica, pois não segue o raciocínio humano. Deixe a porta aberta, pois Deus trabalha por aquele que n’Ele espera na sua multiforme sabedoria.

Sabemos que Jesus serviu vinho que não veio da uva e serviu peixe que nunca nadou… Deus faz coisas de forma extraordinária. Deixe essa impressão dentro de você. Vamos ver a bondade de Deus na terra dos viventes! Ele bem sabe o que está para fazer nesses últimos dias, na sua vida, no seu ministério e por onde você passar. 

As setas malignas do diabo já eram previstas para entrarem na mente das pessoas neste tempo. No entanto, você e eu precisamos manter a nossa mente batizada no altar da Palavra de Deus. Não ande como os gentios andam. Eles andam nos seus próprios pensamentos e isso é errado. Devemos pensar no que a Bíblia nos instrui que devemos pensar (Filipenses 4.8). Como guardar a mente? Vendo e ouvindo corretamente. Guarde os seus olhos e os seus ouvidos. Livre-se das acusações, tentações e mentiras que são os ataques do diabo. 

As nossas decisões devem estar livres das nossas próprias razões, que estimulam a justiça própria e a independência. Porém, a presença de Deus e o seu amor qualificam as nossas escolhas. Não somos guiados pelas nossas razões, mas pela Palavra aplicada sob a revelação divina. 

“Se alguém não permanecer em mim, será como o ramo que é jogado fora e seca. Então, esses ramos são juntados, lançados ao fogo e queimados. Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que desejardes, e vos será concedido” (João 15.6-7).

Não é apenas crer, mas permanecer.

Temos que ter cuidado sobre como vamos aplicar a Palavra. Há um tempo de permanência na Palavra até que Deus diga: “É assim, meu filho!”.

A nossa dependência de Deus vai aumentar! Não se acostume no reino sem o Rei. A coisa mais maravilhosa do reino é Ele. 

Na oração em línguas, às vezes, não sabemos nem o que estamos orando, mas ela vai nos levar a lugares onde ainda não fomos. Estar na presença de Deus requer um pouquinho de trabalho e esforço na carne, mas vale a pena. Tantos livramentos eu já desfrutei por causa da presença…

Somos d’Ele. Não vivemos mais para nós, mas Cristo vive em nós (Gálatas 2.20). Cristo que é a nossa vida (Colossenses 3.4). Eu vivo confessando que nem vida eu tenho mais, pois a vida que eu tenho é d’Ele. Quando isso for uma convicção, você vai ter medo de quê?

Desenvolva uma consciência maior da presença de Deus.

Retire o lixo mental através da presença, pois ela libera descanso. A Igreja vai caminhar num refrigério glorioso por causa do entendimento, revelação e consciência da presença de Deus. 

A presença de Deus faz a diferença, ela desenvolve fome e sede. Bem-aventurados os que têm fome e sede, pois serão saciados (Mateus 5.6). Não deixe a confusão do mundo dominar, mas desenvolva a consciência da presença!

 

*Trechos da mensagem durante a Conferência de Ministros Nordeste 2021.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA