Verbo FM

Inversão de valores

thadeu e rita
Thadeu e Rita Borba
Professores do Rhema e pastor auxiliar da Igreja Sede em Campina Grande 

Hoje a igreja, tem como missão, não apenas anunciar o evangelho, e fazer discípulos em todas as nações. Mas denunciar os pecados e os valores mundanos dos homens.

O apóstolo Paulo instruindo Timóteo, como proceder na igreja de Deus, em (1 Timóteo 3:15); chama a igreja de “coluna e baluarte da verdade”.

Baluarte é aquilo que serve de defesa. Precisamos: Defender e proclamar as verdades da Palavra de Deus. Existe hoje, até mesmo dentro das igrejas, uma inversão de valores, totalmente contrária a vontade de Deus. Temos que valorizar o que Deus valoriza.

A palavra “valor” origina-se do latim e significa “ser digno”. Valores são princípios éticos e sociais aceitos por uma pessoa ou grupo, ao comportamento humano, suas regras e padrões.

Atualmente, tem havido uma “inversão” desses valores: A ética e a moral cristã, antes aprovadas pela sociedade, vêm sendo sistematicamente substituídas por princípios amorais e mundanos.

Colossenses 2:8 nos mostra: Cuidado que ninguém vos venha a enredar com sua filosofia e vãs sutilezas, conforme a tradição dos homens, conforme os rudimentos do mundo e não segundo Cristo;

Enredar quer dizer colher na rede, embaraçar. Filosofia é a ciência geral dos seres, dos princípios e das causas. Rudimentos são elementos, noções. Deus estabelece os princípios éticos, as virtudes e valores necessários à boa conduta dos seus filhos.

Hoje, constatamos na mídia e nas redes sociais, quanto os valores éticos e morais cristãos têm sido desprezados e invertidos pela sociedade moderna. Há uma lista considerável de princípios bíblicos que não apenas foram desprezados e desvalorizados, mas ultrajados pela sociedade pós-moderna. Vejamos alguns:

1.0 – QUANTO AO CASAMENTO: Atualmente, em algumas sociedades, já se aceita a união entre pessoas do mesmo sexo. Isso é contrario a Palavra de Deus, à família e aos valores cristãos. O Senhor instituiu e abençoou apenas a união entre homem e mulher.

(Gênesis 1:27, 28) – Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos…

(Gênesis 2:24) – Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne.

A Bíblia é implacável neste caso: (1 Coríntios 6:9,10 – NVI) – Vocês não sabem que os perversos não herdarão o reino de Deus? Não se deixem enganar: Nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem homossexuais passivos ou ativos… Herdarão o reino de Deus.

2.0 – QUANTO À FAMÍLIA: As virtudes cristãs concernentes à família estão sendo substituídas por valores anticristãos:

  1. a) Filhos que não respeitam os pais; onde a instrução de Deus é: (Efésios 6:1-3) – Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra.
  2. b) Pais permissivos quanto à moralidade; quando o nosso dever é cuidar da nossa herança dada por Deus, que são nossos filhos conforme está escrito em (Salmos 127:3) – Herança do SENHOR são os filhos; o fruto do ventre, seu galardão. Mas, nosso Pai celestial é tão bom que Ele mesmo ensina em sua Palavra como criá-los. (Efésios 6:4) – E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor.

3.0      – QUANTO À IGREJA: Nesses “tempos trabalhosos”, muitas comunidades cristãs valorizam mais: O “ministério” bem-sucedido do pregador, que a santidade e o testemunho mantido por ele; o marketing ministerial, do que os verdadeiros sinais do poder de Deus. Pregadores santos e tementes a Deus são deixados prá trás por aqueles que buscam o louvor próprio em vez da glória de Jesus Cristo.

Os preceitos da Palavra de Deus são imutáveis e servem de regra para orientar os homens em todas as gerações. (Isaías 30:21) – Quando te desviares para a direita e quando te desviares para a esquerda, os teus ouvidos ouvirão atrás de ti uma palavra, dizendo: Este é o caminho, andai por ele.

(2 Timóteo 3.16,17) – Toda a escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.

Esses valores são insubstituíveis, e devem ser coerentes com o testemunho cristão. A igreja deve viver o que prega e pregar o que vive! “DEUS É MUITO BOM!”

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!