Verbo FM

Intensidade: a chave para a plenitude

por Gabriel Silveira (Rio de Janeiro-RJ)
*Graduado do Centro de Treinamento Bíblico Rhema 

Em 2 Reis 13.14-19 você vê a história de Eliseu, prestes a morrer, e o rei Jeoás de Israel. Nesse contexto, Israel estava em conflito com os siros e Eliseu em um ato profético impõe as mãos sobre as mãos de Jeoás e o instruiu a abrir a janela para o Oriente atirando flechas contra a terra. No episódio, o rei atira somente três flechas e para, deixando Eliseu indignado pela falta de intensidade do rei, pois Eliseu sabia que por falta dessa intensidade, Jeoás não provaria plenamente daquilo que havia sido apresentado como oportunidade para ele.

Uma coisa que eu aprendi, há anos, é que não existe fidelidade sem excelência. Não existe 99% fiel, ou você é excelente no que faz, cumpre com tudo que lhe cabia, ou não existe fidelidade! Da mesma forma hoje percebo que se desejo viver plenamente aquilo que Deus me propõe a viver, eu preciso ser intenso nas oportunidades que me são ofertadas.

Outra coisa que eu aprendi é que disciplina é uma grande aliada da constância, mas também percebo que em alguns momentos o que resguarda a constância é a intensidade. Se doar de forma tão intensa a algo que a disciplina passa ser um coadjuvante nessa constância, pois a fome, a sede por algo tomou o protagonismo.

Eliseu tinha fome! Ele era ambicioso (no bom sentido da palavra)! Não bastava receber uma porção qualquer, ele queria uma porção, mas uma porção dobrada! Ele podia receber uma porção, mas a fome não o contenta a ter uma simples porção, ela o impulsiona a busca por uma porção dobrada!

Para Pedro não bastava voltar a terra firme com uma boa história de livramento, a fome, a sede de Pedro o fez diante de uma oportunidade ser intenso: ele andou sobre as águas. Em terra firme os outros discípulos tinham uma boa história para contar, já Pedro, ele tinha um testemunho!

Na vida nos são apresentadas muitas oportunidades. Oportunidades de viver coisas extraordinárias mas que somente os intensos diante desses momentos pisam fora do barco, somente os intensos desejam o dobro do que supostamente é comum a todos. Somente os que têm fome e sede voltam do barco e do deserto com um testemunho extraordinário.

Fidelidade pressupõe excelência, constância necessita da disciplina, mas a intensidade é a chave para viver e usufruir plenamente o que Deus tem para nós!

Você realmente deseja o que Deus tem para você? Cuidado, pois a sua fome denuncia o seu verdadeiro desejo! A sua intensidade demonstra a sua disposição! Por meio da fé, pela graça, auxiliado pelo Espírito Santo e se doando intensamente vá: peça a Deus, busque, bata a porta e você achará a plenitude de vida que Deus propôs para você.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!