Verbo FM

Teu passado não te condena

Eduarda Lins
Eduarda Lins 
Aluna do Rhema em Campina Grande PB

“Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.” (Romanos 8.1) NVI

Algumas pessoas têm o pensamento deturpado com relação a quem um dia fomos e a quem agora somos. Sim, tivemos um passado, talvez não tão bom quanto esperávamos, mas hoje percebemos que ele nos serviu para algo: para não querer vivê-lo novamente. Alguns chegam a nos dizer: “só querem ser santos.” Glória a Deus por isso. Porque foi para isso que os Filhos de Deus foram chamados, para serem Santos. E uma vez que vivemos para Ele, isso é refletido em nós. Uma vida de santidade nos leva a sermos mais parecidos com Ele. E, sim, estou vivendo em santidade.

Mas algo que é mais recorrente no nosso meio são aquelas pessoas que nos conhecem há anos, mas nunca mais tiveram contato conosco, mas acabam caindo de paraquedas na sua vida novamente e fazem questão de te lembrar quem você era antes de querer ser ‘santo’. E começa a discorrer sua vida inteira tentando te condenar, até porque você viveu uma vida inteira de pecados e querer viver uma vida correta é muita hipocrisia. Não é mesmo? CLARO QUE NÃO! A própria Palavra fala isso. (Graças a Deus por essa Palavra).

“Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte. Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne; Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.” (Romanos 8.2-4) NVI

Muitas pessoas chegarão até você tentando te condenar por aquilo que um dia você fez, ou pela pessoa que você era. Mas a Palavra nos mostra que nós somos livres, que Deus deu o seu único Filho para que o nosso passado fosse apagado. Não deixe que as pessoas te condene, porque Jesus não faz isso com Você… Nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. ALELUIA! A sua vida não é mais a mesma, as pessoas têm que entender isso. Você não é mais o mesmo.

Teu passado não te condena. Quando aprendemos e aceitamos que fomos justificados, e que não somos mais pecadores, e sim, Filhos de Deus, passamos a provar de uma nova estação… Lembrar de quem você era e não se sentir condenado é saber que aquilo não te pertence mais, que aquele teu EU morreu, e hoje você é uma nova pessoa, uma nova criatura.

“Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação; as coisas antigas já passaram, eis que tudo se fez novo!” (2 Coríntios 5.17) King James

A Palavra nos revela quem somos, mas para descobrirmos temos que dedicar tempo à Ela. Ter uma vida de intimidade com o Pai é essencial à nossa caminhada. “Onde a Palavra toca deve haver mudança.” Mas, enquanto eu escrevia esse texto, me veio a história da mulher que foi pega em adultério pelos fariseus, e eles a levaram até onde Jesus estava e contaram a história a Ele. Ela foi pega no flagra, e na lei de Moisés dizia que ela deveria ser apedrejada. Mas Jesus era o Mestre por excelência e conhecia a Palavra. Em João 8.7 (NVI) o Mestre fala ao povo que está pronto para o apedrejamento… “Se algum de vocês estiver sem pecado, seja o primeiro a atirar pedra nela”.

E nós sabemos como tudo terminou. Ninguém tem o direito de te condenar. O nosso dever é de corrigir, sim, mas em amor. E foi o que Jesus fez, ele fala em João 8.10-11 (NVI) “Mulher, onde estão eles? Ninguém a condenou? “Ninguém, Senhor”, disse ela. Declarou Jesus: “Eu também não a condeno. Agora vá e abandone sua vida de pecado.” Ele era o único naquele lugar que teria o direito de apedrejar a mulher, porque Ele não tinha pecados, mas Ele preferiu acreditar que ela poderia ser alguém melhor e a perdoou.

Foi isso que Cristo fez por nós, nos olhou nos olhos e disse: Vá e não peques mais. Ele nos perdoou, e isso é motivo para nos alegrarmos todos os dias. Ele não nos condenou por quem um dia fomos. Ele não nos jogou pedras, mas olhou nos nossos olhos e nos amou. Ele nos perdoou. E se Ele não enxerga mais culpa em nós pelo nosso passado, não deixe que ninguém também o faça. E quando for lembrar de quem um dia você foi, que seja para libertação de outros e não para a sua própria condenação.

Seja livre!

4 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!